Venda de Seguro via Celular se Populariza no Brasil

Insurance Sale by Cell Phone Becomes Popular in Brazil

Não é novidade que, mesmo com retração econômica, o mercado de seguros apresenta grande tendência de crescimento. E é realmente este cenário que estamos presenciando, principalmente na área de Seguros.  Por apresentar certa estabilidade econômica, o Brasil tem investido no desenvolvimento populacional, não apenas econômico, mas também sociodemográfico. O crescimento da classe média tem influenciado muito no mix de produtos oferecidos pelas corretoras e seguradoras.

Uma das maiores mudanças neste cenário foi a criação do Microsseguro. Esta alternativa de seguro surge como algo que beneficia, não só os consumidores, mas também o crescimento econômico e social do país, já que está entre o limite de serviços financeiros e proteção social.

Até o final deste ano, operadoras começarão a vender microsseguros pelo celular acompanhando, além das mudanças econômicas do brasileiro, as tendências tecnológicas que podem impulsionar produtos populares. Isso porque a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) criou recentemente uma nova regulamentação com diversas regras para o serviço de comercialização de seguros com preços acessíveis, que já foi implementado no país.

E como o mercado está se adaptando?

As constantes mudanças no cenário brasileiro e mercado segurador têm exigido das corretoras uma grande adaptação em seu portfólio de produtos e na forma de se vender seguros. Existe a necessidade de estar sempre atualizado quanto aos novos públicos, novas alternativas e tecnologias.

Pensando neste novo cenário, a Willis Brasil conseguiu um fato inédito, a venda de seguros via celular, por meio de torpedos (SMS). Este produto foi criado a partir de uma parceria entre a Willis e a Generali, originando o Generali Proteção Premiada.

O baixo custo mensal de contratação (R$1,50) consegue atingir especialmente as classes C e D – público ainda não atendido pelos principais canais de distribuição de seguros mais tradicionais. A ideia é atingir esta classe em ascensão com boas coberturas, facilidades de contratação e diferenciais.

Criado exclusivamente para clientes dos planos pré-pagos da operadora TIM, o primeiro produto oferece três serviços ao segurado:

  • Auxilio Funeral por Acidente Pessoal (com reembolso das despesas funerárias em caso de falecimento)
  • Assistência para Vítimas de Crimes (inclui serviços como transporte, chaveiro e demais serviços de emergência)
  • Sorteios (10 prêmios semanais no valor de R$ 500,00).

Menor custo operacional para corretoras e seguradoras

Com as evoluções voltadas para mobilidade do mercado segurador nacional, os processos de compra e venda tornam-se mais automatizados e popularizados. A coleta de contratos pelo celular pode tornar-se a maneira mais simples, abrangente e de menor custo operacional para seguradoras e corretoras prestadoras dos serviços. Esta nova abordagem viabiliza a integração de todos os processos da cadeia de venda, aumenta o volume de captações e elimina o processo burocrático e emissão de papel.

Já durante as etapas de desenvolvimento do produto, com o projeto piloto apresentado, o nivel de aceitação do público – após apuração – foi avaliado como acima do esperado. Pelo jeito o seguro via mobile vem para ficar!

 


 

Luiz Fabregat, Affinity Director, Willis Brazil

Luiz Fabregat

Luiz Fabregat e o Diretor de Affinity da Willis Brasil. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de Washington – Seattle, WA. Trabalhou para a Amazon.com, Microsoft e Ericsson, atuando como Gerente de Projetos para eBusiness, Operações Mobile e implementação de SAP. Iniciou suas atividades na Willis Brasil em 2002, foco em Affinity. Desenvolveu novos canais de distribuição e novas estratégias para fabricantes de automóveis, varejistas, bancos, empresas de telecomunicações e Worksite Marketing. Atendendo clientes como Ford, Renault, PontoFrio, Cetelem, FNAC, Nissan, Buscapé, TIM.

Categories: América Latina, Português, Tecnologia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *