Riscos cibernéticos: Os avisos estão lá, Agora é hora de agir

Cyber Crime

Empresas ainda não estão dedicando tempos suficientes para desenvolver suas estratégias de mitigação de riscos cibernéticos, de acordo com um relatório recente da Federation of European Risk Management Associations (FERMA). Apesar de 76% dos entrevistados afirmando que a segurança da informação e privacidade se tornaram uma preocupação significativa ao longo dos últimos 3 anos, apenas 19% dos pesquisados ​​tinha seguro (“cyber”) para segurança e privacidade.

Com a cobertura contra violações de exposição cyber amplamente mais disponível, é hora das empresas agirem para mitigar esses riscos.

As Ameaças

Risco cibernético é uma preocupação para praticamente todas as empresas no mundo. As ameaças não só afetam empresas de comércio eletrônico, mas qualquer uma que armazena dados pessoais ou utiliza redes de computadores. Todas essas empresas são confrontadas por ameaças, como ataques de hackers, violações de dados e tempo de inatividade da rede.

Um Crime caro

Em 2012, os crimes cibernéticos custaram as empresas, ao redor do mundo, um total de $ 388 bilhões, de acordo com uma recente estimativa do Fórum Econômico Mundial. Apesar dos sinais de alerta, existe uma falta de compreensão sobre a exposição de risco e da paisagem cibernética global.

Uma razão para isso é que a situação está em constante evolução e a velocidade que as mudanças  tecnológicas, dificultam essa atualização. Mudanças legais, como novos dados de saúde padrões nos EUA e a legislação de segurança proposta na União Europeia, são adicionados a esta atualização. Seguro Cibernético é um produto relativamente novo, apoiado por um número crescente de subscritores no mercado. A cobertura que no passado foi bastante restritiva tem crescido com mais flexibilidade, com seguradoras que respondem às demandas de clientes corporativos. As opções são atualmente mais abrangentes do que nunca.

O Checklist

As empresas precisam ter uma ideia do cenário cibernético e proativamente mitigar suas próprias exposições. Para isso, deverá:

  • Implementar uma abrangente avaliação de riscos e alinhar os investimentos em segurança com ameaças identificadas.
  • Compreender a informação da sua organização e o quer – considerar quem os adversários podem ser, e as táticas que eles podem usar para obter a informação.
  • Adotar uma nova forma de pensar em segurança da informação é, tanto um meio para proteger os dados, como uma oportunidade para criar valor para o negócio.

About Christopher Keegan

Christopher is Willis' national resource for Cyber and Errors and Omissions insurance coverage focusing on placemen…
Categories: Português, Risco Cibernético | Tags: , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *