Como as mídias digitais transformam a maneira como as pessoas e organizações trabalham

Vamos começar com o óbvio: se você está lendo isso – você está online. Talvez seja um dia de trabalho comum, talvez seja fim de semana. Talvez você seja um freelancer, trabalhando no meio da noite para atender a um projeto do cliente onde já é amanhã, em outro hemisfério. Você pode ser da geração Millennial (Geração Y), ou você pode estar com seus 90 anos. No primeiro caso, uma nova pesquisa nos diz que “nativos digitais” – aqueles nascidos em 1980 e depois – gastam até sete horas por dia online.

Então, o que a onipresença das mídias digitais significa para o mundo dos negócios? Não é nenhum exagero dizer que a mídia digital está transformando a relação de trabalho e a própria definição de um emprego. Na verdade, nós vemos isso como uma das principais tendências que impactam o trabalho no futuro.

Além de observar muitas evidências de nossos clientes ao redor do mundo, tivemos a honra de ter uma parceria com o Fórum Econômico Mundial (WEF) este ano para explorar o impacto da mídia digital na formação da sociedade. Na verdade, o WEF compartilhou as descobertas pela primeira vez este mês em sua conferência anual em Davos, Suíça. Como parte desse trabalho, estamos envolvidos com os empregadores e indivíduos de todo o mundo, incluindo o levantamento de mais de 5.000 pessoas com idades entre 18-69 em seu uso de mídia digital.

Nossos projeto “Shaping the Future Implications of Digital Media for Society” lança uma maior atenção na mídia de hoje, entretenimento e informação dos consumidores, e explora como a mídia digital afeta as pessoas, organizações e sociedades. Ele compartilha as oportunidades e os desafios decorrentes da crescente utilização dos meios digitais, juntamente com ideias de como ambos podem ser abordados.

Embora nossos achados cubram o amplo impacto e as implicações das mídias digitais (você pode ler o relatório completo aqui , há algumas revelações que os empregadores devem observar para a construção de uma força de trabalho envolvida e produtiva.

Aqui estão algumas dessas maiores implicações

-Digitalização dos conteúdos e dados, bem como as novas tecnologias de comunicação digital, abriram novas oportunidades para onde, quando, como e por quem o trabalho é feito. Isso está mudando a natureza da relação de emprego. Muitos trabalhos agora podem ser feitos em qualquer lugar, a qualquer momento, facilitado pela disponibilidade de dados digital, internet de alta velocidade e melhor messaging, áudio e tecnologia de vídeo.

-Os trabalhos por si só estão mudando como as mídias digitais e os avanços em automação permitem o trabalho a ser cada vez mais fragmentado em tarefas distintas que podem ser executadas de forma mais eficiente e eficaz.

-Além de maior produtividade, a flexibilidade proporcionada pela mídia digital permite uma melhor integração entre vida e trabalho – um elemento importante para conciliar eficazmente os múltiplos papéis das pessoas: como funcionários e membros de família.

-Em uma escala ainda maior, essa flexibilidade de trabalho está ajudando a equalizar e globalizar oportunidades de trabalho para pessoas que vivem em áreas remotas, ou que vivem em países com economias menos desenvolvidas ou em dificuldades.

-As organizações podem e devem usar meios digitais para se comunicar e interagir com os funcionários. Ferramentas corporativas sociais são adequadas para o desenvolvimento de comunidades dentro de uma empresa. No entanto, em um estudo anterior da Willis Towers Watson, apenas 56% dos empregadores relatam o uso de mídias digitais para se comunicar com os funcionários sobre temas como cultura organizacional, formação de equipes ou inovação.

– Os entrevistados de nossa pesquisa sobre mídias digitais relataram um efeito ainda mais positivo em suas vidas profissionais do que em suas vidas privadas ou públicas, salientando benefícios específicos para a possibilidade de encontrar emprego, exercer função, além do desenvolvimento profissional e colaboração com os colegas.

-As Implicações dos resultados da pesquisa de mídia digital mostram que quase 70% dos participantes concordam que o uso da mídia digital para fins relacionados ao trabalho já tem crescido significativamente e que continuarão com ela no futuro.

Não é nenhum eufemismo dizer que a mídia digital está mudando a própria cara do trabalho em todo o mundo. Para explorar o relatório completo da pesquisa, clique aqui.

 

Este post teve a colaboração de Anne-Marie Jentsch, Senior Consultant na Willis Towers Watson’s Talent Management practice e Project Manager for the World Economic Forum’s Shaping the Future Implications of Digital Media for Society project.

About Ravin Jesuthasan

Ravin Jesuthasan is the Global Practice Leader of Willis Towers Watson’s Talent Management practice and managing …
Categories: Benefícios > Capital Humano & Benefícios, Português, Recursos Humanos, Tecnologia | Tags: , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *